terça-feira, 27 de julho de 2010

la palomita

Vi uma pombinha ciscando com dificuldade no chão da calçada. Ela não tinha uma pata. Deu uma dó imediata em meu peito. Mas ela estava ali, segura, e tentando se revelar feliz (a mim). Lembrei de Frida Kahlo, como se la palomita me dissesse: "Pies para que los quiero...si tengo alas para volar." Sorri.

2 comentários:

Liège disse...

Também sorri ao ler isto.

Joana. disse...

Eu também!

Arquivo do blog