quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

o cachorro fugia da chuva.
e eu tentava 
através dela 
fugir dos meus pensamentos.

5 comentários:

Anônimo disse...

através dela fugiu dos seus pensamentos?

Aline Miranda disse...

em verdade, acho que não queria fugir...

Liège disse...

Que 2011 seja um ano repleto de alegrias, prosas e poesias!
Beijos.

Giovanna Bhering disse...

A poesia não pode parar.
visite também: www.porgb.blogspot.com

Joana. disse...

sei como é. rsr
Oh imagemzinha boa, Aline!

Arquivo do blog