quinta-feira, 10 de maio de 2007

Flores de Setembro

Escondidos, roubados
silenciados.
Exigidos, implorados
espreguiçados.
Permitidos, perguntados
molhados.
Nossos beijos alados à luz do luar
Nossos beijos alados no escuro do quarto
Nossos beijos alados à quatro mãos
Nossos beijos alados
inocentes ou não.


Não lembro se postei no bagatelas, mas revi e deu saudade do poema.
De 18 de setembro de 2006.

Aproveitando para agradecer às visitinhas mais que queridas: Evinha, Gigi, Ju, Lucas e Bela.
Beijo de flor prá vocês!

4 comentários:

R.R. disse...

Olá!!!
Eu também sempre estou por aqui...
...rsrsrs...
Beijos.

shoemate disse...

Eu já não sou mais visitante, Claricinha; sou inquilina! Como sempre, lindo, lindo!

Sergio disse...

Ontem.. (anteontem) no tel, uma pessoa mandou um bjo pra vc:

(a) Oinc-oinc
(b) Fernanda Mendonça
(c) Marcela Biasi
(d) Zélia Duncan
(e) Lívia Broshini
(f) O Papa

Gi disse...

OBA!!! Tb sou querida! hahahaha...
beijos de flor pra ti tb, menina!

=)

Arquivo do blog