sábado, 1 de agosto de 2009

polyana


Gostava de deitar assim, de braços e pernas abertos, como um X, ou uma estrela do mar, a olhar as estrelas e nuvens do céu.

Um comentário:

Polyana disse...

mas que graça li! achei muito bom, já que vc faz poesia pra todas as suas mulheres, eu não deveria ficar de fora né? te amo.

Arquivo do blog